Na manhã deste último sábado (29/10), o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas), realizou ação de mobilização e educação ambiental na comunidade do Conjunto Habitacional Sandoval de Azevedo, em Contagem. A atividade teve o intuito conscientizar a comunidade sobre a importância da nascente e sobre a preservação e manutenção do meio ambiente para a vida ecossistêmica. Além disso, o evento contou com oficina de compostagem, plantio de mudas, atividades recreativas para crianças e distribuição de hortaliças para o plantio.

A nascente do Conjunto Habitacional Sandoval de Azevedo é a quarta nascente em processo de revitalização e valorização do projeto. A conselheira do CBH Rio das Velhas, Cecília Rute alertou a comunidade sobre a valorização e o cuidado com as minas “A nascente deste local é muito importante para todos. É um ouro e deve ser cuidada. Além disso, o cuidado possibilita a oferta de água limpa para o uso, durante todo o ano, incluindo os períodos de seca”, destacou Rute.

Cecília ainda deixa uma mensagem para a comunidade, “Esperamos que todos cuidem da nascente com todo o amor e que passem isso para os seus filhos e para as futuras gerações”.

Carlos do Nascimento, da NeoGeo, empresa contratada para a execução do projeto, listou as interferências que serão realizadas no local, como a melhoria da saída da água, pintura do muro, implantação de chafariz e canaleta para a água. “A ação no local tem o intuito de promover a melhoria da saída da água e de dar visibilidade para a mesma para, posteriormente, as pessoas preservarem a bica d’água”, completa do Nascimento.

Finalizando o evento, Guilherme Pacheco, do Instituto Cresce, ensina a comunidade a fazer composteiras domésticas para a ressignificação do lixo.

O evento faz parte do plano de trabalho do Projeto de Revitalização de Nascentes Urbanas na Bacia Hidrográfica do Ribeirão Arrudas e Divulgação de Práticas Ambientais para a Proteção e Conservação de Nascentes, realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, por meio do Subcomitê Ribeirão Arrudas, financiado com recursos de cobrança de água.

Veja as fotos do evento

<a href="https://flic.kr/s/aHskKwZhN7" target="_blank">Click to View</a>

Por que preservar as nascentes?

A nascente é o local de primeira importância na bacia, pois marca a passagem da água do subterrâneo para a superfície. Esse fluxo de água que brota de forma tão tímida e discreta possui um papel fundamental na manutenção do ciclo hidrológico e do meio ambiente. Sendo assim, proteger a nascente é de grande importância para o abastecimento dos riachos, córregos e cursos que, por sua vez, abastecem os rios. Além disso, a sua proteção reflete na melhora da qualidade da água de toda uma bacia.


Mais informações e fotos em alta resolução:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br