Com o objetivo acompanhar os processos de comunicação e mobilização social dos projetos hidroambientais do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas), a Câmara Técnica de Educação, Comunicação e Mobilização (CTECOM) reuniu-se, no dia 23 de setembro, na sede do Comitê.

O presidente da CTECOM, Procópio de Castro, explicou a importância de ações efetivas de comunicação e educação. “Comunicar, educar e mobilizar são atos realizados entre pessoas. E estas mudam a cada dia. Consequentemente, o CBH Rio das Velhas também tem que estar pronto para melhorar os discursos, aprimorar os conteúdos e criar simpatias para chegar a um estado de ação como uma só Bacia”, disse.

Dois projetos hidroambientais foram apresentados. O primeiro foi o de Recomposição de Matas Ciliares Degradadas e Manutenção Florestal na Bacia Hidrográfica do Rio Taquaraçu que visa promover a recomposição florística em matas ciliares degradadas em sub-bacias do Rio Taquaraçu e instalação de infraestrutura de proteção de nascentes hídricas e áreas de preservação permanente mapeadas em propriedades rurais cadastradas pelo CBH Rio das Velhas. A apresentação foi realizada por Alessandro Vanini, represente da GOS Florestal, empresa contratada por meio de licitação para executar o projeto.

Veja a apresentação da empresa GOS Florestal

 

O segundo projeto apresentado foi o de Recuperação da Bacia Hidrográfica do Rio Bicudo – Construção de Barraginhas que previa a construção de barraginhas com o objetivo recolher a água da chuva, retendo sedimentos oriundos das enxurradas, facilitando, assim, a infiltração da água superficial, elevam o nível do lençol freático, diminuem a erosão e o assoreamento de córregos e rios e criam sustentabilidade familiar.

A empresa vencedora do processo licitatório foi a NeoGeo Geotecnologia e Juliane Azevedo foi a responsável por mostrar as ações de comunicação, educação e mobilização social aos membros da CTECOM. “O foco da educação ambiental foi o contato direto com a comunidade local. A nossa intenção foi aproximar dos moradores da região para que eles sentissem confiança em nossa equipe e assim pudéssemos executar o projeto”, afirma.

Após a reunião, o presidente da CTECOM Procópio de Castro, disse que para os próximos projetos é preciso fazer algumas adequações. “Vejo interesse das empresas em acertar tanto na mobilização quanto na comunicação. Porém, os projetos apresentados surgiram durante um processo ainda em formação, inclusive do CBH Rio das Velhas”, esclarece.

Confira as fotos da reunião

 

Mais informações e fotos em alta resolução:
Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br