A partir de hoje (08) de abril, o público vota para escolher o vencedor do Prêmio.

Localizada na Serra do Navio, no Conjunto Ribeiro de Abreu, a nascente foi nomeada como “Dona Júlia” em homenagem a sua cuidadora. Dona Júlia cuida da nascente desde 1981, que recém-chegada de Turmalina precisava de água para plantio e manutenção de horta, onde produzia parte do alimento de sua família.

Assim, Dona Júlia, por iniciativa própria realiza um trabalho voluntário na preservação e manutenção da nascente. A nascente contribui com águas limpas para o Ribeirão do Onça que deságua no Rio das Velhas e depois no Rio São Francisco.

A dedicação no cuidado com a nascente rendeu a Dona Júlia uma indicação na Categoria Cidadania do Prêmio Bom Exemplo. “Estou muito feliz, nem tenho o que falar. Muito bom, maravilhoso. E só de saber que estou fazendo uma coisa boa para o bem do meio ambiente e do mundo. A felicidade é muito grande”, afirma Dona Júlia, emocionada pela indicação. Clique aqui para votar na Dona Júlia.

No dia 22 de março, em comemoração ao Dia Mundial da Água, aconteceu um evento de recuperação da Nascente Dona Júlia. O evento contou com a articulação do Conselho Comunitário Unidos pelo Ribeiro de Abreu (COMUPRA) que uniu esforços com o Subcomitê Ribeirão Onça vinculado ao Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas), Copasa, Prefeitura de Belo Horizonte, Projeto Manuelzão, PUC Minas e a Rede de Intercâmbio de Tecnologias Alternativas, entre outros parceiros, para desenvolver ações diretas de recuperação da nascente, como o cercamento da área, a capina seletiva e plantio de árvores.

Segundo Dona Júlia a comunidade já está se conscientizando para a importância da preservação e manutenção da nascente “a comunidade está indo na nascente para plantar e cuidar”, informa.

montagem_nascente
Nascente Dona Júlia, localizada na Serra do Navio, no conjunto Ribeiro de Abreu

Projeto Hidroambiental “Valorização de Nascentes Urbanas”

Com a finalidade de encaminhar propostas efetivas para a melhoria das condições ambientais das nascentes, o Subcomitê do Ribeirão Onça atua também por meio do projeto hidroambiental “Valorização de Nascentes Urbanas”, que foi custeado pelo recurso da cobrança pelo uso da água na Bacia do Rio das Velhas. Até o momento foi concluída a etapa de levantamento das áreas de nascentes hídricas e cadastramento dos respectivos cuidadores, no qual foram cadastradas 163 nascentes. Na próxima fase, prevista para esse ano de 2016, será executada intervenções para a recuperação de 8 nascentes urbanas, além de atividades de mobilização social e educação ambiental na bacia.

Prêmio Bom Exemplo

O prêmio, que está em sua sétima edição, é uma iniciativa da TV Globo, Fundação Dom Cabral, Jornal O TEMPO e Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais.

Com o objetivo de reconhecer as iniciativas e pessoas que, direta ou indiretamente, contribuem para a construção de uma sociedade mais solidária e cidadã, o prêmio visa destacar as atitudes dessas pessoas e ainda, despertar na população a percepção do valor e da importância dessas atitudes para uma convivência mais harmoniosa e respeitosa entre todos.

O Prêmio Bom Exemplo contempla pessoas ou instituições que se destacam nas áreas de Ciência, Cultura, Economia e Desenvolvimento de Minas, Educação, Esportes, Inovação, Meio Ambiente, além de um prêmio especial que é concedido à Personalidade do Ano. E a categoria Cidadania, Prêmio Bom Exemplo, destaca cidadãos que desenvolvem ações para a melhoria da qualidade de vida em suas comunidades, o qual Dona Júlia foi indicada.

Os vencedores da sétima edição do Prêmio Bom Exemplo serão conhecidos em cerimônia no dia 4 de maio.

Veja reportagem da Dona Júlia para TV Globo Minas.


Mais informações e fotos em alta resolução:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br