Na última segunda-feira, a E.M. Jandir Clemente da Rocha, situada em Justinópolis, distrito de Ribeirão das Neves, promoveu diversas ações integradas de Educação Ambiental para comemorar o processo de revitalização da nascente que se encontra dentro da instituição. Foram realizadas palestras, plantio de mudas e um abraço simbólico à fonte.

A nascente presente na escola atualmente passa por um processo de revitalização e, em breve, receberá um espaço de convivência para que os alunos possam ter aulas ao ar livre e um contato mais próximo com a mina d’água. A ação integra projeto das Secretarias Municipais de Obras, Meio Ambiente, Educação e da Prefeitura Municipal de Ribeirão das Neves que prevê a revitalização de outras duas nascentes urbanas presentes na cidade – uma no bairro Porto Seguro e outra na APA (Área de Preservação Ambiental) da Lajinha.

collage1_nascente ribeirão das neves
Ação contou com abraço simbólico à nascente e plantio de mudas.

Rodrigo Hott Pimenta, que é membro titular do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas) e SCBH Ribeirão da Mata, e Educador Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Ribeirão das Neves, falou da relevância de ações desse tipo para a Bacia do Rio das Velhas como um todo. “Esse trabalho é muito importante, porque sem a preservação das nascentes, das matas ciliares e dos córregos, não tem água para o Rio das Velhas. E se muitos dos nossos rios urbanos hoje estão poluídos, devemos preservar o que temos”, disse.

A Unidade Territorial Estratégica (UTE) Ribeirão da Mata localiza-se no Médio Rio das Velhas. Composta pelos municípios de Capim Branco, Confins, Esmeraldas, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Ribeirão das Neves, Santa Luzia, São José da Lapa e Vespasiano, ocupa uma área de 786,84 km2 e detém uma população de 500.743 habitantes.


Mais informações:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br