Com manifestações culturais representativas de toda região de abrangência da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, recheadas de causos, estórias, música, oficinas e ritmos diversos, tem início, nesta sexta-feira (17) a 6ª edição do FestiVelhas, no município de Morro da Garça (MG). O evento que segue até o próximo domingo (17) é realizado pelo Projeto Manuelzão dentro da programação oficial da Semana do Rio das Velhas.

O objetivo do evento é de fortalecer ações culturais condizentes com o imaginário que povoa a Bacia do Rio das Velhas, condicionando uma rede cultural com permanentes trocas de experiências e difusão de informações. “O FestiVelhas um encontro que é festivo, que mostra que a bacia ela não é só um território geográfico mas sim um território cultural, ligado ao sentimento das pessoas, de suas histórias e dos grupos que aqui se encontram. É também oportunidade para debates políticos e ambientais”, pontuou o presidente do CBH Rio das Velhas, Marcus Vinicius Polignano.

Nesta sexta-feira (16) o FestiVelhas contou com exposições, cinema na praça, apresentação de folia de reis, dentre outros. Um dos destaques foi a apresentação do escritor, cordelista e contador de causos, Tadeu Martins. Ele participa do FestiVelhas desde a sua primeira edição em 2005, e destaca que o evento é um encontro muito interessante de artistas de todas as cidades da bacia e de pessoas preocupadas com a situação do meio ambiente e da ecologia, que estão buscando ampliar um debate sobre os rios e o desenvolvimento sustentável.

“O evento tem possibilitado a formação e o surgimento de novos artistas nessas cidades por onde ele passa, deixando uma semente de que a cidade precisa reconhecer seus valores, preservar sua própria história e isso é um legado que o FestiVelhas tem deixado por todas as cidades da bacia”, ressaltou.

IMG_0954Tadeu Martins

Também participaram da programação na primeira noite do Festival (16) o artista de Nova Lima Romero Bicalho, que interpretou canções próprias, samba, reggae e MPB; o grupo Flor do Cerrado, formado por educadores das áreas de Geografia, Arte e Literatura, cantadores, brincantes, que em sua atuação falam de amor, de poesia e sertão.

Exposição fotográfica – Durante o FestiVelhas também acontece a exposição fotográfica do CBH Rio das Velhas que reúne fotos de todas as regiões da Bacia. A mostra tem o intuito de revelar ao público a beleza e a riqueza natural do rio, além de ser uma forma de conscientizar, por meio da beleza, a importância da preservação, conservação e manutenção da vida do rio, para que o belo, o natural e o sensível continuem a encantar a todos.

Na mostra há uma seleção de fotos de cachoeiras, quedas d’ água, corredeiras, nascentes, cursos e percursos, além de belas paisagens que retratam o território hidrográfico do Velhas e de seus afluentes.

FestiVelhas – O evento segue até o domingo (17). São realizadas palestras, apresentações artísticas e oficinas que contam com a participação de artistas, agentes culturais, objetivando promover a preservação da diversidade cultural da Bacia do Rio Velhas.

Confira a programação do FestiVelhas.


Mais informações e fotos em alta resolução:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br