Em comemoração ao Dia Mundial da Água, 22 de março, o Subcomitê Ribeirão Arrudas produziu um vídeo que configura-se como uma carta aberta a toda à sociedade e gestores municipais e estaduais que cuidam da Bacia do Rio das Velhas, em especial do Ribeirão Arrudas, que percorre os municípios de Sabará, Contagem além de Belo Horizonte, a capital mineira.

O vídeo feito de forma colaborativa, com a participação dos conselheiros e da equipe de mobilização do CBH Rio das Velhas. De acordo com o coordenador-geral do Subcomitê Ribeirão Arrudas, Rodrigo Lemos, a iniciativa de produção do documento oriunda de encaminhamento de uma reunião ordinária do Subcomitê quando foi discutido que é preciso a construção de uma política pública que incorpore os cursos d’água na paisagem da cidade. “Trabalhamos para que pessoas, instituições, gestores e o poder público se apropriem e conheçam não somente as ações do Subcomitê, como também as propostas e estruturas para gestão das águas de Belo Horizonte”, destaca.

O vídeo foi uma metodologia adotada para dar mais visibilidade  às questões ambientais do Ribeirão Arrudas. “Precisamos chamar atenção dos gestores públicos e de toda a sociedade de que existem formas para que os cursos d’água sejam incorporados na dinâmica da cidade, trazendo com isso não apenas a qualidade da água, mas também a qualidade de vida, cidadania e envolvimento das pessoas a partir do recurso hídrico”, ressalta Rodrigo Lemos.

O documentário conta com depoimentos de várias pessoas ligadas a entidades e a projetos que lutam pela defesa do Rio Arrudas como o CREA-MG; Movimento das Donas de Casa e dos Consumidores de Contagem, equipe de Mobilização do CBH Rio das Velhas, UNI-BH, Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Contagem, Grupo Organizado de Moradores e Usuários do Jardim América, Associação de Moradores e Amigos do Bairro Pompeia, Copasa, além de moradores da Bacia do Rio Arrudas.

Assista ao vídeo

Unidade Territorial Estratégica (UTE)

A UTE Ribeirão Arrudas localiza-se no Alto Rio das Velhas e é composta pelos municípios de Belo Horizonte, Contagem e Sabará. A Unidade possui uma área de 228,37 km2 e sua população chega a quase 1,2 milhões de habitantes. Os principais cursos d’água desta UTE são o Ribeirão Arrudas, Córrego do Barreiro, Córrego do Jatobá e Córrego Ferrugem.

Na UTE Ribeirão Arrudas a captação de água é feita em nos sistemas Integrado Morro Redondo e Isolado Barreiro, para o abastecimento urbano de Belo Horizonte (5%) e Nova Lima (2%). Existe captação em outros sistemas para complementação do abastecimento em Belo Horizonte. O município de Contagem é totalmente abastecido pelo Sistema Integrado Paraopeba, fora da Bacia do Rio das Velhas.

A unidade apresenta o quinto maior consumo per capita na Bacia do Rio das Velhas e a sétima maior perda de faturamento e na distribuição.

Veja o mapa da UTE Ribeirão Arrudas

SCBH_Ribeirão Arrudas_1500px

Mais informações e fotos em alta resolução:
Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br