Durante o VI Encontro de Subcomitês, realizado nesta sexta-feira (15), no município de Curvelo, dentro da programação da Semana Rio das Velhas, foi realizada a oficina “Varal de Ideias” com a participação de representantes e coordenadores de 18 subcomitês integrantes do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio das Velhas (CBH Rio das Velhas). O objetivo foi fortalecer as ações do Plano Diretor de Recursos Hídricos, que é um instrumento de gestão compartilhada e configura-se como a principal ferramenta de apoio a tomada de decisão na Bacia.

No Encontro foi apresentada a importância do Plano Diretor e a evolução histórica de sua construção coletiva. Durante a dinâmica da oficina, os representantes dos subcomitês apontaram estratégias para a atuação em suas unidades territoriais de acordo com os oito componentes que integram as ações do Plano: instrumentos de gestão, oferta de água, saneamento ambiental, mineração e atividades industriais, manejo de recursos hídricos em área rural, conservação ambiental, educação ambiental e gestão.

Derza Nogueira, integrante da equipe de Mobilização do CBH Rio das Velhas e que acompanhou a atualização do Plano Diretor, explica que o documento traça diretrizes para implementar a política de recursos hídricos da Bacia. “Neste Encontro de Subcomitês estamos fazendo um exercício de propostas de ações para que as unidades territoriais possam traçar um direcionamento para os próximos anos,” destacou.

Daniel Duarte, engenheiro agrônomo e representante do subcomitê Carste, localizado no Médio Rio das Velhas, composto pelos municípios de Confins, Funilândia, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo e Prudente de Morais, ressalta que a Unidade Territorial Estratégia (UTE) do Carste sempre traz para o comitê as suas especificidades como a de possuir boa parte dos recursos em corpos hídricos subterrâneos. Em relação ao encontro de subcomitês, ele avalia que um dos resultados mais importantes do evento é a troca de experiências. “Estamos tendo uma visão geral de cada subcomitê e suas formas de atuação. O alinhamento do Plano Diretor, cada vez que é discutido, traz mais clareza na definição dos caminhos, facilita nosso entendimento e a didática de transmissão desse conhecimento”, avalia.

Plano Diretor – O Plano Diretor trata-se de um instrumento de gestão. Nele, são apresentadas orientações ao órgão gestor de recursos hídricos relacionadas à concessão das outorgas, áreas de interesse hídricos, contextos de maior demanda de água, potenciais conflitos, etc. O documento propõe diretrizes dos projetos de recuperação das áreas degradadas e de conflitos da Bacia do Rio das Velhas e, na área da disponibilidade hídrica, dá conhecimento aos diferentes usos das águas, seus consumos por atividade, com a apresentação dos resultados do cadastramento de usuários.

Semana Rio das Velhas – A Semana Rio das Velhas teve início na última quinta-feira (14), na cidade de Curvelo. O evento, realizado pelo CBH Rio das Velhas, trata da questão hidroambiental, faz homenagem a um dos principais rios do Estado e será realizada até o próximo domingo (17), nos municípios de Curvelo e Morro de Garça. Dentro da programação está sendo realizado o VI Encontro de Subcomitês que segue até o início da tarde deste sábado (16) com o Seminário Saneamento e Saúde.

Veja as fotos do segundo dia do Encontro

Integrando também a programação da Semana do Rio das Velhas terá início na noite desta sexta-feira (15), em Morro da Garça, o FestiVelhas com a realização de palestras, apresentações artísticas e oficinas que contam com a participação de artistas, agentes culturais, promovendo a diversidade cultural da Bacia do Rio Velhas.


Mais informações e fotos em alta resolução:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br