No segundo dia do V Encontro de Subcomitês, ocorrido durante a Semana do Rio das Velhas, o tema principal das apresentações foi o Plano Diretor de Recursos Hídricos. No evento realizado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas) foi apresentado como os coordenadores regionais dos Subcomitês podem aprimorar, implementar e efetivar as ações localmente.

Além disso, a diretora da AGB Peixe Vivo, Célia Fróes, mostrou aos participantes como funciona a cobrança pelo uso da água e como estes recursos têm sido aplicados até o momento. “O Plano Diretor passou por uma atualização e o V Encontro foi um momento importante para que as pessoas que atuam nos Subcomitês de Bacia do Rio das Velhas entendam como podem implementar as ações propostas e como os recursos serão empregados”, esclareceu.

vencontrosubcomites_e_amigosdorio_dia03julho_cbhvelhas_tantoexpresso_credito_michelleparron_web-60

Célia Fróes e Marcus Vinícius Polignano esclarecem dúvidas dos participantes durante o V Encontro de Subcomitês

O presidente do CBH Rio das Velhas, Marcus Vinícius Polignano, explica que estamos em um momento de reflexão no qual é preciso pensar em políticas estratégicas para a Bacia do Velhas e para isso, é muito importante a aproximação do Comitê com os Subcomitês. “Saímos deste Encontro fortalecidos e com a percepção de que o Rio depende de cada um que atua na Bacia, em especial os que fazem parte dos Subcomitês, para que o Rio da Velhas sobreviva e seja revitalizado”, comentou.

No primeiro dia, os coordenadores de Subcomitês e representantes de Unidades Territoriais (UTE’s) da Bacia do Rio das Velhas apresentaram os desafios e dificuldades que enfrentam em seus municípios.

O V Encontro de Subcomitês de Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas foi uma das atividades da Semana do Rio das Velhas e foi realizado nos dias 2 e 3 de julho, no Balneário de Rio de Pedras, localizado em Acuruí (em tupi-guarani significa “rio das pedras”), a 25 km de Itabirito. A localidade, situada entre as cidades de Sabará e Ouro Preto, próxima ao rio das Velhas, foi fundado em 1702 e possui aproximadamente 3.000 habitantes. Na região, encontra-se a represa Rio de Pedras que foi construída em Acuruí com 40 metros de altura em uma cachoeira do Rio das Velhas. Por muito tempo, Belo Horizonte foi iluminada por esta represa do Alto Rio das Velhas.

Amigos do Rio

Ainda durante a Semana do Rio das Velhas foi realizado um treinamento com os “Amigos do Rio”. A atividade teve como objetivo formar indivíduos aptos para o monitoramento das águas do Rio das Velhas. A capacitação recebeu participantes moradores de áreas localizadas em toda a extensão da Bacia.

Os “Amigos do Rio” capacitados no treinamento formarão uma rede de informação e realizarão contato telefônico, registro fotográfico, preenchimento de fichas e utilização do Manual de Orientação para procedimentos envolvendo mortandade de peixes e qualidade das águas.

Os Amigos do Rio atuam como parceiros alertando sobre alterações na aparência da água, ocorrência de mortandades de peixes e auxiliando no levantamento de dados básicos da qualidade das águas.

collage_amigos
Crédito: CBH Rio das Velhas – TantoExpresso/Michelle Parron

Veja as fotos do 2º dia da Semana Rio das Velhas

FestiVelhas

A quinta edição do FestiVelhas, que aconteceu no alto da Bacia do Rio das Velhas, no Parque Ecológico de Itabirito (MG), no dia 4 de julho, teve como objetivo resgatar o movimento sociocultural da Bacia, integrando povos e pensamentos por meio da arte e cultura para transformar a mentalidade da população.

A programação contou com shows, aula de capoeira, oficinas de pintura, biomonitoramento, saúde, cinema, literatura e poesia, além de uma Exposição sobre a Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas.

collage_fest

Crédito: CBH Rio das Velhas – TantoExpresso/Michelle Parron

Veja as fotos do FestiVelhas 2015

Mais informações e fotos em alta resolução:
Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br