A Unidade Territorial Estratégica Águas da Moeda está localizada no Alto Rio das Velhas, composta pelos municípios de Itabirito, Nova Lima, Raposos, Rio Acima e Sabará. A Unidade possui uma área de 544,32 km2 e sua população chega a 89, 5 mil habitantes. Os rios principais da UTE Águas da Moeda são: Rio do Peixe, Ribeirão dos Marinhos, Ribeirão Congonhas, Córrego Padre Domingos e Córrego Água Limpa, com extensão de 42,36 Km dentro da área delimitada para a Unidade Territorial.

Assista ao vídeo

.
A UTE Águas da Moeda possui sete Unidades de Conservação (UC) inseridas parcial e integralmente em seu território, representando 88,2% da área total da UTE. A totalidade da área desta UTE é considerada, quanto à sua prioridade, Especial para conservação.

Na UTE Águas da Moeda a cobertura natural representa 88,3% da superfície, sendo representada por áreas de cerrado (54,3%) e formações florestais (27,1%). Quanto à susceptibilidade erosiva, a UTE apresenta 68,16% de seu território com forte fragilidade à erosão e 28,79% com média fragilidade.

Na UTE Águas da Moeda ocorre captação de água nos córregos Fechos e Mutuca para abastecimento de Nova Lima (4%) e Belo Horizonte (2%). O complemento do abastecimento de Nova Lima é feito pelo sistema Rio das Velhas. A UTE Águas da Moeda apresenta o segundo maior consumo per capita na Bacia do Rio das Velhas (172,00 L/hab.dia), atrás somente da UTE Ribeirão Jequitibá (275,1 L/hab.dia).

O município de Nova Lima não possui Plano Municipal de Saneamento Básico, sendo apenas 6% do esgoto coletado e tratado. Quanto aos resíduos sólidos do município de Nova Lima, a destinação final é o aterro sanitário, o qual é caracterizado por adequada disposição do lixo no solo, sob controle técnico e operacional permanente.

As águas do Rio das Velhas nas estações Lagoa Grande, represa das Codornas, Rio do Peixe, Córrego da Barragem, Ribeirão Água Suja e Córrego Mina d’água estão enquadradas na Classe 2. O Ribeirão Macacos, Classe 1. As barragens do Ribeirão dos Fechos e Mutuca, Classe Especial.

Leia a versão digital da cartilha

Veja as fotos da região

Subcomitê Águas da Moeda

O Subcomitê Águas da Moeda foi instituído em 12 de maio de 2006, composto pelos municípios de Itabirito, Nova Lima, Raposos, Rio Acima e Sabará.

Composição do Subcomitê Águas da Moeda

Poder Público

Titulares

1 Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte – ARMBH Nísio Miranda
2 Câmara Municipal de Rio Acima Jair Luiz Paes
3 Prefeitura Nova Lima Renata dos Santos Dutra
4 Instituto Estadual de Floresta – IEF Laudicena Curvelo Pereira

Suplentes

1 EMATER Crisiane Perdigão
2 Prefeitura Rio Acima Zélia Moreira dos Santos
3 Prefeitura Raposos Katrine Duarte
4 Em aberto

 

Usuários de Água

Titulares

1 Copasa Alexandre Gonçalves Guimarães
2 Vale Mauro Lobo
3 Pedras Congonhas Mineração Arley Ferreira
4 AngloGold Ashanti Ana Flávia

Suplentes

1 Condomínio Bosque da Ribeira Marco Antônio Damasco
2 Vale Marcio Sampaio
3 AngloGold Ashanti Isabella Pereira
4 Em aberto

 

Sociedade Civil

Titulares

1 Instituto Guaicuy Simone Alvarenga Bottrel*
2 ARCA Amassera Lilla Ayres Viana
3 Associação Proteção Ambiental do Vale do Mutuca – PROMUTUCA Flavio Eduardo Krollmann
4 Instituto CRESCE Camila Alterthum

Suplentes

1 The Nature Consevancy – TNC Ricardo Galeno
2 ECOAVIS Warley de Almeida Delgado
3 ARCA Amassera  Judite Velasquez
4 Em aberto

*coordenador-geral do Subcomitê.

Conheça a Unidade Territorial Estratégica (UTE) Águas da Moeda:

SCBH_Águas da Moeda_1500px