Unidade Territorial Estratégica Rio Paraúna

A Unidade Territorial Estratégica (UTE) Rio Paraúna localiza-se no Médio Baixo Rio das Velhas e é composta pelos municípios de Conceição do Mato Dentro, Congonhas do Norte, Datas, Gouveia, Monjolos, Presidente Juscelino, Presidente Kubitschek, Santana de Pirapama e Santo Hipólito. A Unidade ocupa uma área de 2.337,61km² e detém uma população de 22.908 habitantes. O rio principal da UTE é o Paraúna, que com seus 150,23 quilômetros de extensão, é considerado um dos mais importantes para a revitalização do Rio das Velhas.

Assista ao vídeo

.
A UTE Rio Paraúna possui duas Unidades de Conservação inseridas em seu território, ocupando 14,97% da área total da UTE. Quanto à prioridade, 90% da área da UTE é considerada prioritária para conservação.
Quanto à susceptibilidade erosiva, a UTE apresenta 41,21% de seu território com forte fragilidade à erosão e 38,44% com média fragilidade. As características naturais do terreno, a compactação do solo e a ocupação desordenada aceleram os processos erosivos.
Dos municípios com sede na UTE, somente Congonhas do Norte e Presidente Juscelino possuem Plano Municipal de Saneamento Básico.
Na UTE Rio Paraúna há captação de água para abastecimento de 100% dos municípios de Datas, Gouveia, Presidente Juscelino e Presidente Kubitschek, além de 71% de Congonhas do Norte. O consumo per capita da UTE Rio Paraúna (119,02 L/hab.dia) é inferior ao da Bacia do Rio das Velhas (136,23 L/hab.dia) e os municípios com sede na UTE possuem tratamento de água convencional.
No que se refere aos efluentes, a UTE Rio Paraúna não dispõe de tratamento de efluentes e lançam seus dejetos in natura nos corpos receptores.
Quanto aos resíduos sólidos, com exceção do município de Presidente Kubitschek, que possui Usina de Triagem e Compostagem, os têm como destinação final o aterro controlado. Em Gouveia há coleta diferenciada de resíduos de saúde.
A área de abrangência da UTE Rio Paraúna compreende quatro estações de amostragem de qualidade das águas, localizadas no Córrego do Chiqueiro e no Rio Paraúna. As águas nessas estações são enquadradas na Classe 1.

Leia a versão digital da cartilha

Veja as fotos da região

[Gallery-H album=’UTERioParauna’ template=’t1]

Subcomitê Rio Paraúna

O Subcomitê Rio Paraúna foi instituído em 25 de agosto de 2008, composto pelos municípios de Baldim, Congonhas do Norte, Jaboticatubas, Presidente Juscelino, Santana de Pirapama e Santana do Riacho.

Composição do Subcomitê Rio Paraúna

Poder Público

Titulares

1EMATER GouveiaAdriano Gomes
2SARPCristiane Shirley de Oliveira
3Prefeitura Conceição do Mato DentroIgor Ferreira
4Prefeitura de Congonhas do NorteCloves de Oliveira

Suplentes

1Prefeitura de GouveiaJosiane C. da Silva
2Prefeitura Municipal de Santo HipólitoEimar Fonseca
3Prefeitura de DatasHaroldo José de Oliveira
4Câmara Municipal de GouveiaRodrigo Miranda

 

Usuário de Água

Titulares

1Estamparia S. AMarcos Antônio da Silva*
2COPASA – GouveiaAmauri Ribas
3AgrocityCarlos Eduardo de Souza
4Em abertoEm aberto

Suplentes

1CEMIG Renato Júnior Constâncio
2COPASA – DiamantinaJúlio César Correa
3TRACOMALJúnior Cesar Andrade
4Em abertoEm aberto

 

Sociedade civil

Titulares

1Comunidade Quilombola do EspinhoAdeliane Margarida Silva
2Instituto EspinhaçoFelipe Xavier
3ONG Caminhos da SerraClaudiana A. Oliveira Pereira
4ONG ASPRENARSARenato Wagner Ferreira

Suplentes

1Associação Amigos SolidáriosAdalto Aparecido de Almeida
2Instituto EspinhaçoFelipe Simões
3ONG Caminhos da SerraPatrícia de Fátima Souza Costa
4Em abertoEm aberto

*coordenador – geral do Subcomitê

Conheça a Unidade Territorial Estratégica (UTE) Rio Paraúna:

SCBH_Rio-Paraúna_1500px