A Unidade Territorial Estratégica Carste localiza-se no Médio Rio das Velhas. Composta pelos municípios de Confins, Funilândia, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo e Prudente de Morais, ocupa uma área de 627,02 km2 e detém uma população de 91.990 habitantes.

Assista ao vídeo

.
Carste é um tipo de relevo formado pelo efeito corrosivo da água sobre rochas como o calcário. Uma área muito frágil, caracterizada pela presença de grutas e águas subterrâneas. Os principais rios da Unidade são os córregos do Jaque e Bebedouro, Córrego Samambaia e Córrego da Jaguara.

A UTE Carste possui nove Unidades de Conservação inseridas em seu território, ocupando 55,78% da área total. Quanto à prioridade, 88% da área da UTE é considerada prioritária para conservação, nas áreas “Peter Lund” (35%) e “Província Cárstica de Lagoa Santa” (53%).

Na UTE Carste, 50,7% do uso do solo é representado pela agropecuária, 22% cerrado e outros 13,2% pela vegetação arbórea. Quanto à fragilidade ambiental, a UTE apresenta 68,77% de seu território com forte suscetibilidade à erosão e 28,76% com média suscetibilidade. A compactação do solo e a ocupação desordenada aceleram os processos erosivos.

Na UTE Carste há captação de água subterrânea para o abastecimento de 100% dos municípios de Funilândia, Lagoa Santa e Matozinhos e os mesmos possuem tratamento de água com desinfecção e fluoretação. O consumo per capita da UTE Carste (155,30 L/hab. dia) é superior ao da Bacia do Rio das Velhas (136,23 L/hab. dia).

A companhia responsável pelo serviço de esgotamento sanitário nos municípios com sede na UTE Carste é a COPASA. Os municípios de Lagoa Santa, Matozinhos e Funilândia possuem Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) em funcionamento. Esta Unidade apresenta o sexto maior índice de tratamento de esgoto entre as UTEs da Bacia do Rio das Velhas.

Quanto aos resíduos sólidos, o município de Lagoa Santa utiliza o aterro sanitário de Macaúbas, em Sabará, para a destinação final de seus resíduos sólidos urbanos. E Matozinhos ainda tem, como destinação final, o lixão.

A área de abrangência da UTE Carste compreende quatro estações de amostragem de qualidade das águas operadas pelo IGAM, localizadas no Rio das Velhas. As águas nessas estações são enquadradas na Classe 3.

Leia a versão digital da cartilha

Veja as fotos da região

Subcomitê Carste

O Subcomitê Carste foi instituído em 14 de agosto de 2013, composto pelos municípios de Confins, Funilândia, Lagoa Santa, Matozinhos, Pedro Leopoldo e Prudente de Morais.

Composição do Subcomitê Carste

Poder Público

Titulares

1 Prefeitura de Confins Maria Auxiliadora Silva Lopes
2 Prefeitura de Matozinhos Roberto Emílio Mendes Pereira
3 IEF Rogério Tavares de Oliveira
4 Prefeitura de Lagoa Santa Rosângela Maria Bicalho

Suplentes

1 Prefeitura de Pedro Leopoldo Silvany Geralda Correa
2 Prefeitura de Funilândia Elton Dias Barcelos
3 ICMBIO (APA Carste Lagoa Santa) Cláudia Barbosa
4 Prefeitura de Prudente de Morais Kênia Gisele Martins

 

Usuários de Água

Titulares

1 Terras de Fidalgo/Fashion City Daniel Duarte
2 Em aberto Em aberto
3  Condomínio Estância das Amendoeiras José Márcio de Lima Franco
4 Lafarge Brasil S.A  José Aparecido Duarte

Suplentes

1  Mineração Campinho Múcio Túlio Teixeira Alvim
2 Mineração Lapa Vermelha Ltda Rodrigo Simões
3 Mineração Belocal Ltda Mariana de Souza Inácio
4 Holcim Ynamã Vieira

 

Sociedade Civil

Titulares

1 Associação Moradores Sitiantes Ent. Lagoas de Confins Rodrigo Costa Andrade
2 Associação de moradores Joá – AMJO (Lagoa Santa) Kurt Erwin Glatz
3 ADAO- Matozinhos Francisca de Paula Martins
4 ABES-MG Maria de Fátima Guimarães Gouvêa

Suplentes

1 Associação Lagoa Viva Conceição L. Lopes
2 PEDALAGOA Nelson Murta
3 Instituto Guaicuy José de Castro Procópio
4 Em aberto Em aberto

Conheça a Unidade Territorial Estratégica (UTE) Carste:

SCBH_Carste_CBH-Rio-das-Velhas.1500px