Programa-se para visitar no feriado de 15 de novembro a Barra do Guaicuí, em Várzea da Palma. Localizada a 367 km de Belo Horizonte, a vila é uma ótima opção de passeio para famílias, casais ou aqueles que buscam um momento de encontro com a natureza, história e cultura.

Barra do Guaicuí é um dos principais atrativos turísticos do Norte de Minas Gerais. Histórias, lendas e contos, que abarcam o ponto de encontro entre os rios das Velhas e São Francisco, dão um clima de curiosidade e encantamento aos moradores e visitantes da região.

Outro atrativo da região é a Igreja Bom Jesus de Matozinhos que foi erguida com enormes blocos de pedra às margens do Rio das Velhas. Existem documentos que atestam que esta igreja teve sua construção iniciada pelos jesuítas que navegavam da Bahia pelo Rio São Francisco acima e que estes teriam sido os primeiros a tentar a catequização dos índios da região, por volta de 1600. Portanto, várias décadas antes da bandeira do paulista Fernão Dias Paes Leme, que comandou várias missões pelo interior do Brasil colônia em busca de ouro e pedras preciosas no século XVII. Atualmente, a Igreja ainda em ruínas, já que a obra nunca foi concluída, foi reconhecida com o tombamento do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG).

A vila também é um ótimo destino para quem gosta de praticar a pesca. A localidade é rica em espécies de peixes, o que mais se pesca é curimatá, piau, matrinchã, dourado e mandi.

Barra do Guaicuí ou Guaicuy é um distrito da cidade de Várzea da Palma e compreende a Unidade Territorial Estratégica Guaicuí, que localiza-se no Baixo Rio das Velhas e é composta pelos municípios de Corinto, Lassance, Pirapora e Várzea da Palma. Saiba mais sobre a UTE Guaicuí.

Veja as fotos da Barra do Guaicuí:

<a href="https://flic.kr/s/aHskNmheXu" target="_blank">Click to View</a>

Mais informações e fotos em alta resolução:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br