Os projetos hidroambientais são aqueles voltados para a recuperação e conservação de nascentes, cursos d’água e todo o ecossistema que alimenta e mantém vivos os nossos rios. São projetos que buscam a manutenção da quantidade e da qualidade das águas de uma bacia hidrográfica, preservando suas condições naturais de oferta de água. Se uma nascente ou pequeno riacho pode secar por estar desmatado, pisoteado ou assoreado, os projetos hidroambinetais atuam para evitar ou reverter essa degradação. De acordo com Alberto Simon, Diretor Técnico da AGB Peixe Vivo, os projetos hidroambientais podem ser entendidos a partir de três linhas de ação:

1-    Proteção de nascentes com cercamentos;
2-    Adequação de estradas vicinais, com a construção de bacias de contenção de água de chuva (barraginhas);
3-    Construção de terraços e curvas de nível em morros e encostas.

Os Projetos Hidroambientais se diferenciam dos grandes projetos de saneamento básico e ambiental, que buscam a melhoria da qualidade da água através da coleta e tratamento dos esgotos. Os projetos hidroambientais se caracterizam pela ação pontual em pequenas áreas espalhadas por uma bacia hidrográfica, geralmente em suas nascentes, para garantir que suas condições naturais sejam preservadas.