Integrantes da CTPC se reuniram para avaliar critérios políticos da Proposta de Deliberação dos projetos que serão beneficiados pelo dinheiro da cobrança.

Representantes da iniciativa pública, privada e terceiro setor, que integram a Câmara Técnica de Planejamento e Controle (CTPC) do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas, se reuniram no dia 22 de janeiro de 2015 na sede do comitê em Belo Horizonte para um importante debate político. Responsável por acompanhar e elaborar ações e demandas associadas ao planejamento da bacia do Rio das Velhas, a CTPC também acompanha a aplicação dos recursos da cobrança pelo uso da água, além de propor para a plenária do Comitê diretrizes e projetos a serem executados com os recursos da cobrança.

Na última reunião da CTPC estiveram presentes Vergilius Clemente (IEF), Odorico Araújo (FIEMG), Alberto Simon (AGB Peixe Vivo), Flávio Henrique Eloi (Prefeitura de Nova Lima), José de Castro Procópio (ADAO), integrantes da equipe de mobilização e o coordenador da CTPC Matheus Valle, que debateram sobre a Proposta de Deliberação que dispõe os mecanismos para a seleção de estudos, projetos e obras a serem beneficiados com os recursos da cobrança pelo uso dos recursos hídricos no âmbito do CBH Rio das Velhas.

Veja as fotos da reunião

Durante o encontro, Odorico Araújo salientou a importância do proponente estar ciente de que, ao apresentar um projeto ao CBH Rio das Velhas, ele passa a ser gerido pelo comitê caso seja aprovado: “a partir do projeto apresentado e aprovado, quem executa é o comitê”.

Durante toda a tarde do dia 22 os integrantes da CTPC leram todos os pontos da Proposta de Deliberação e realizaram sugestões no documento, que agora segue para ser aprovado pela Câmara Técnica Institucional e Legal (CTIL) na reunião no dia 27 de janeiro de 2015, também na sede do comitê.


Mais informações e fotos em alta resolução:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br