O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas), em parceria com o Subcomitê do Ribeirão Arrudas, inaugurou, na manhã de sábado (24/06), obras de melhoria e revitalização de nascente em Contagem.

O manancial revitalizado está localizada na residência do cuidador, Israel da Silva, no bairro Eldorado. Foram realizados no local serviços de limpeza, plantio de espécies nativas e gramíneas, cercamento da mina d’água e identificação da área.

Em clima de emoção e solidariedade, os cuidadores de nascentes presentes no evento participaram de uma roda de conversa, em que trocaram experiências, conhecimentos e histórias sobre as águas. “A coisa mais importante é ver essa água brotar e nascer, pois água é vida”, contou Israel sobre a sua satisfação em ver a nascente revitalizada e bem cuidada. Ele ainda completou: “Estou realizando hoje o meu maior sonho”, falou emocionado.

Ivana Eva, também cuidadora de nascente, parabenizou Israel por ceder a sua casa para a iniciativa. “A verdadeira fortuna do Israel é o seu coração, esse coração que está aberto e que abriu as portas de sua casa para a realização dessa obra. Esse trabalho surtirá efeito de maneira infinita”. Ivana falou também sobre a importância da conscientização e educação ambiental na vida das crianças. “Nos dias de hoje, umas das coisas que devemos fazer é conscientizar as crianças. Mostrando a elas a beleza de ver uma fonte jorrar, da água nascer e de ensinar o amor pela terra”, refletiu.

Éric Machado, mediador, falou sobre a sua impressão da atividade. “Realizamos uma roda de conversa com os cuidadores de nascentes urbanas. Assim, cada cuidador falou um pouco sobre a sua nascente – cada um se abriu e contou casos e experiências do campo. Esses relatos atrelados à técnica de recuperação de nascente é uma coisa fantástica”.

Para Renato Júnio, da diretoria do CBH Rio das Velhas, a importância do projeto é de principalmente valorizar as pessoas inseridas no território. “Dá para perceber o prazer dessas pessoas em cuidar das nascentes”, disse. Ele também parabenizou a iniciativa do cuidador Israel por ceder um espaço particular para um bem público. “Arrudas, Velhas e São Francisco irão se beneficiar com essas obras”, refletiu.

Na segunda parte do evento, a comunidade do entorno visitou as obras de revitalização e melhorias na nascente. Além disso, teve brinquedos e oficinas para as crianças.

Veja as fotos do evento:

<a href="https://flic.kr/s/aHskXToyDW" target="_blank">Click to View</a>

Confira as fotos também no Facebook: Curta e compartilhe

Nascentes Urbanas

A ação integra o projeto de “Valorização de Nascentes Urbanas na Bacia Hidrográfica do Ribeirão Arrudas” que prevê intervenções positivas em sete nascentes da Bacia do Ribeirão Arrudas. Essa foi a sexta nascente entregue pelo projeto. “O projeto é um sonho que virou realidade com o CBH Rio das Velhas”, falou Cecília Rute, conselheira do CBH Rio das Velhas e do Subcomitê Ribeirão Arrudas sobre o projeto.

Rute destacou ainda o trabalho realizado na nascente. “Ela nos deu muito trabalho, pois aqui o solo é de argila movediça. Assim, tivemos que aprender novas técnicas para realização das intervenções”.

A nascente revitalizada pertence à microbacia do Córrego do Arroz, afluente do Córrego Água Branca, que juntamente com o Córrego do Riacho das Pedras e Carneiro, formam o Córrego Ferrugem, maior afluente do Ribeirão Arrudas. As águas do Ribeirão Arrudas, por sua vez deságuam no Rio das Velhas, maior afluente do Rio São Francisco. “Assim estamos protegendo uma nascente que chegará em Alagoas. As águas nos ensinam muito e minha luta é contínua”, refletiu Rute sobre os caminhos das águas.


Mais informações:

Assessoria de Comunicação CBH Rio das Velhas
comunicacao@cbhvelhas.org.br